Aeroporto de Juazeiro do Norte e outros cinco terminais do Nordeste vão a leilão nesta sexta

O Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes, de Juazeiro do Norte, irá a leilão hoje na Bolsa de São Paulo, com outros cinco terminais aeroportuários da Região Nordeste. O bloco é composto pelo Aeroporto Internacional Gilberto Freyre, no Recife, que tem a maior movimentação de passageiros do Norte e do Nordeste, com lucro anual de R$ 130 milhões. Serão leiloados outros dois blocos, o do Sudeste e do Centro-Oeste.

O bloco nordestino conta, ainda, com os terminais de Maceió, Aracaju, João Pessoa e Campina Grande. O aeroporto Zumbi dos Palmares, em Maceió, Alagoas, é o segundo maior entre os seis que vão ser leiloados. Tem um fluxo de 2,1 milhões de passageiros por ano e capacidade para comportar até 5,3 milhões. O Aeroporto de Juazeiro do Norte movimenta, anualmente, a média de 534.712 passageiros, tem 7.273 voos e 1.209.233 kg de carga aérea.

Somadas as empresas que operam o sistema aeroportuário, os funcionários representam uma população fixa de 317 pessoas. Operam no terminal, aeronaves da empresas Azul, Avianca e GOL que atendem aos principais destinos: Guarulhos, Fortaleza, Brasília, Campinas e Recife. O terminal tem três posições de estacionamento para aeronaves comerciais e 6 para aviação geral e capacidade de receber por ano 1,7 milhão de passageiros/ano. Pelo edital, o Aeroporto de Juazeiro receberá investimentos R$ 193,5 milhões.

Compartilhe: