Bate Papo destaca falta de milho em armazéns da Conab no Interior do Estado

O Bate Papo Político da edição desta quinta-feira, 8, do Jornal Alerta Geral (Rádio FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza + 26 emissoras no Interior) denunciou a falta de milho nos armazéns da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) no Interior do Estado. Uma das informações, trazidas hoje pelo correspondente do Alerta Geral, Alverne Lacerda, é que a central de armazenamento do grão em Tauá encontra-se vazia, o que tem prejudicado os produtores rurais da cidade e de toda a Região dos Inhamuns.

O jornalista Luzenor de Oliveira também reforçou que recebeu denúncias da falta de grãos na Região do Cariri, nas cidades de Várzea Alegre e Juazeiro do Norte. Luzenor cobrou explicações da Conab, da Secretaria de Desenvolvimento Agrário do Estado (SDA) e alguns parlamentares do Ceará que estão no Congresso Nacional, em especial o presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB), que garantiu, no início deste ano, que os grãos não iriam faltar nos armazéns da Conab em todo o Interior do Estado.

O jornalista Beto Almeida comentou sobre o assunto. Para ele, o problema do desabastecimento na Conab é recorrente porque falta planejamento e gestão a Companhia para garantir que não falte milho aos produtores cearenses. A redação do Portal Ceará Agora já está em campo para cobrar explicações sobre a falta de grãos a Conab, SDA e aos parlamentares cearenses. A qualquer momento, você terá mais informações sobre o assunto.

Confira no player abaixo o que disse o correspondente Alverne Lacerda sobre a falta de milho em Tauá:

ALVERNE LACERDA – FALTA DE MILHO

Abaixo os outros destaques do bate papo político de hoje:

– Senado aprova reajuste para ministros do STF

O Senado aprovou nesta quarta-feira, 7, projetos de lei que concedem aumento aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e ao procurador-geral da República. O reajuste altera o subsídio dos 11 integrantes do STF e da atual chefe do Ministério Público Federal, Raquel Dodge, de R$ 33,7 mil para R$ 39 mil e provoca um efeito cascata sobre os funcionários do Judiciário, abrindo caminho também para um possível aumento dos vencimentos dos parlamentares e do presidente da República.

Saiba mais:
+ Senado aprova reajuste de 16% para o STF e provoca efeito cascata

– Decisão do STF abre caminho para demissão em estatais

Uma decisão tomada no início de outubro pelo Supremo Tribunal Federal (STF) sobre demissões nos Correios abre caminho para o enxugamento nos quadros de pessoal nas empresas estatais, avalia o Ministério do Planejamento. O governo já prepara um ofício para informar às companhias quais serão as regras para a dispensa de funcionários. Na prática, a medida deve ser um primeiro passo na direção de uma maior flexibilidade para a gestão da folha nessas empresas, muitas delas em dificuldades financeiras.

 Novos protagonismos políticos na esquerda 

Os ex-presidenciáveis Ciro Gomes (PDT) e Marina Silva (Rede) se reuniram nesta quarta-feira, 7, em Brasília para discutir uma aliança que contará com os dois partidos na oposição ao governo Jair Bolsonaro (PSL) que excluirá o PT. Marina disse que “foi uma conversa inicial” na intenção de estabelecer “uma oposição democrática, que coloque em primeiro lugar o país”.

A reunião foi na sede nacional da Rede. “Tenho dito que é preciso uma oposição em que não haja sede de protagonismo, nem vinda de partidos nem de lideranças políticas, com cunho puramente eleitoral”, afirmou.

O correspondente do Alerta Geral, Carlos Silva, tem mais informações:
+Bolsonaro e base – Carlos Silva 

– Bolsonaro já trabalha com Previdência ‘light’ e contará com votos dos deputados do Ceará

Integrantes da bancada do Ceará em Brasília começaram a ser procurados pelos interlocutores do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) para discutir a reforma previdenciária. Bolsonaro quer, com o apoio do presidente Michel Temer, aprovar as mudanças nas regras da aposentadoria e pensão ainda neste ano. Deputados federais do PC do B, PDT, PSB e PT, que foram derrotados ou conseguiram a reeleição, se opõem à reforma, mas, entre parlamentares do PP, MDB, PRB, PSDB, PR e DEM há simpatia ao projeto com novas normas para a Previdência Social.

Confira no player abaixo o Bate Papo Político na íntegra! 

BATE PAPO 08.11.2018

Send this to a friend