Bate Papo: novato “põe fogo no circo”, mas José Sarto coloca ordem na Casa

Bate Papo desta sexta-feira (8)

O bate-boca na Assembleia Legislativa envolvendo o deputado estadual André Fernandes (PSL) é um prelúdio de uma legislatura animada para os parlamentares cearenses e amostra do potencial explosivo de alguns parlamentares. O embate divide opiniões, mas, abre um debate necessário que traz a população para mais próximo da Assembleia cearense. Diante do ocorrido, o presidente da Mesa, Sarto Nogueira (PDT), precisou mediar o conflito.

Uma coisa é você fazer críticas no Youtube, outra é tocar fogo no circo” – Beto Almeida

O assunto ganhou destaque no Bate Papo do Jornal Alerta Geral(Rádio FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza + 26 emissoras no Interior) desta sexta-feira (8), entre os jornalistas Luzenor de Oliveira e Beto Almeida. A análise é de que a postura é consequência da falta de experiência do deputado André, que já havia feito outro vídeo sobre abrir mão de regalias.

O jornalista Luzenor de Oliveira aponta que o tom de voz, talvez, seja agressivo para o ambiente, mas, mesmo com isso, é importante que esses debates sejam ouvidos pela população. “Teremos mais debates como esse“, finaliza o jornalista. O fato é, que precisou o presidente da Assembleia, Sarto Nogueira, colocar a Casa em ordem.

A fala da deputada Dra. Silvana (PR) também entrou na análise dos jornalistas. Ela afirmou que não faz parte da conduta dos parlamentares da Casa receber valores. “Deixo o mais claro possível que jamais recebi e que não existe esse costume que o senhor denunciou. Você fez uma afirmação pública e eu tenho que defender esta Casa”.

Beto Almeida recebe o que aconteceu com animação. Para ele, o Parlamento é isso: o embate de ideias. Acompanhe o Bate Papo na íntegra:

Mais do que rolou no Bate Papo

+ O Ciro foi para a cova do leão! Procura o próprio espaço, mas, se distanciando do PT.

+ Assembleia Legislativa ainda está sem líder do Governo Camilo.

+ No caso da previdência é importante que se imponha regras para os parlamentares.

+ Cagece continua sem atender comunidade em Tauá.

 

Send this to a friend