Câmara aprova projeto que flexibiliza a Lei de Responsabilidade Fiscal

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, por 300 votos a 46, o Projeto de Lei Complementar 270/16, do Senado, que permite aos municípios receberem transferências voluntárias, obterem garantia direta ou indireta de outro ente e contratarem operações de crédito mesmo se não reduzirem despesas com pessoal que estejam acima do limite. A matéria irá à sanção presidencial.
Pela proposta, a medida será possível para os municípios cuja receita real tenha queda maior que 10%, em comparação com o mesmo quadrimestre do ano anterior, devido à diminuição das transferências recebidas do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) decorrente de concessão de isenções tributárias pela União e devido à diminuição das receitas recebidas de royalties e participações especiais.
COM AGÊNCIA CÂMARA
Leia a Anterior

Secretaria Sobre Drogas beneficia 800 estudantes no Eusébio com prevenção às drogas

Leia a Próxima

Guedes alerta sobre riscos de adiar reforma