Canindé: quadro de saúde de idosas vítimas de explosão de gás segue inalterado

Permanecem internadas no Instituto Dr José Frota em Fortaleza, as idosas Maria Aparecida Domingos de Paiva, Joaquina Domingos de Paiva, Maria Gorete Paiva Andrade e Maria Aldenora de Paiva, todas com queimaduras de 1°, 2° e 3 ° grau em decorrência de um incêndio provocado por um botijão de gás na cozinha da residência onde as mesmas estavam na Localidade de Monte Vilar na zona rural, em Canindé, na noite dessa quarta-feira (11).
De acordo com o Comandante do Corpo de Bombeiros de Canindé Tenente Coronel Sousa Júnior, em entrevista a nossa reportagem o incêndio pode ter começado devido a um vazamento de gás na mangueira interligada ao botijão de GLP e rapidamente as chamas se espalharam pela cozinha da residência. Ao perceberem o incêndio as idosas foram tentar conter as chamas quando foram atingidas e sofrendo as queimaduras.
Além do Corpo de Bombeiros compareceram ao local o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e Emergência (SAMU).
O Comandante dos Bombeiros alerta para que as pessoas atentem para a validade do registo e da mangueira dos botijões pois isso pode ocasionar sérios riscos.
*Com informação do Correspondente do Jornal Alerta Geral, Wellington Lima
Veja fotos registrada logo após a explosão: