Déficit de 160 vagas: sindicato quer contratação de oficiais de Justiça para atender demanda de julgamentos

“É absurdo: as duas oficiais [de Justiça] de Tauá estão ficando doentes porque tinha uma demanda reprimida muito grande e não dá para que duas oficiais deem vasão de forma tão rápida”, afirmou Vagner Venâncio, presidente do Sindicato dos Oficiais de Justiça do Ceará, em entrevista, nesta quinta-feira (7), ao Jornal Alerta Geral (Rádio FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza + 26 emissoras no Interior).

O comentário veio a tona quando perguntado pelo jornalista Luzenor de Oliveira sobre a viabilidade da agenda do presidente do Tribunal de Justiça do Ceará , desembargador Washington Araújo, que quer acelerar o julgamento de processos na Grande Fortaleza e Interior do Estado.

Para isso, serão contratados, em 2019, pelo menos 300 novos profissionais, sendo 200 estagiários com pós-graduação em Direito e 100 juízes leigos.

O presidente do sindicato Vagner Venâncio reconhece a iniciativa, no entanto, para ele, se faz necessário também a contratação de servidores, principalmente de oficiais de Justiça.

“Hoje nós temos 4 comarcas sem oficiais de Justiça: Solonópole, Senador Pompeu, Iracema e Jaguaretama; e temos pelo menos mais 5 comarcas em situações dificílimas: Crateús, Tauá, Acopiara, Santa Quitéria e Jaguaruana. São comarcas que têm oficiais de Justiça, mas a demanda é muito grande”, afirma Venâncio.

Quanto questionado pelo Jornalista Beto Almeida sobre o déficit total estimado de oficiais de Justiça no Ceará, o presidente do sindicato foi claro:

“Temos uma análise que conflita com a a análise que o tribunal faz em face de critérios utilizados no cálculo da lotação. Nós temos uma carência hoje, em todo o Estado do Ceará, comarca por comarca, em face da demanda, em torno de 160 oficiais de Justiça”.

Segundo ele, no entanto, apesar de haver possibilidade de concurso para preenchimento de reserva, não há previsão para contratação de novos oficiais de Justiça.

Escute a entrevista com o presidente do Sindicato dos Oficiais de Justiça do Ceará, Vagner Venâncio, na íntegra, clicando no player abaixo:

Send this to a friend