Encontro de Autoridades aborda desafios para melhorar carreira de docentes

No penúltimo dia do Encontro de Autoridades, realizado na Universidade de Oxford (Reino Unido), as autoridades brasileiras imergiram nas pautas prioritárias da educação pública. A carreira docente, com valorização e melhoria na formação dos professores, esteve no epicentro do debate, reforçando a necessidade de transformar a agenda educacional em fator essencial para o desenvolvimento do país.
Élcio Batista, secretário chefe do Gabinete do Governador e um dos representantes do Governo do Ceará no evento, sublinhou a importância de aprimorar ainda mais as boas práticas no eixo educacional, mesmo considerando que o Estado esteja na vanguarda dessa área. “Temos uma série de discussões já consolidadas, que estão em evidência. Porém, se não tivermos a educação no centro da estratégia do desenvolvimento, não avançaremos. Não pode ser uma agenda retórica e demagógica, mas essencial”.
Durante o fórum, palestrantes do Reino Unido, Estados Unidos, Chile e Brasil apresentaram modelos diversificados de ensino médio ao redor do mundo. O chefe de gabinete cobrou iniciativa da União para a reestruturação do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), que proporcionaria aumento no repasse de recursos para estados e municípios. “A educação é o pilar para gerar crescimento econômico, reduzir desigualdade e criar coesão social. Devemos focar na aprendizagem para que os alunos estejam nas escolas e tenham as melhores oportunidades. A sociedade também precisa cobrar para que essa agenda seja prioritária. População, empresários e meios de comunicação: todos devem se unir para engajar pessoas nessa grande jornada que nós temos”, reforçou.
Sobre o evento
O Encontro de Autoridades é promovido pela Fundação Lemann e conta com o apoio da Fundação Brava e da Blavatnik School of Government da Universidade de Oxford, com abordagem na administração e na agenda educacional brasileira. Mais de 60 autoridades (governadores, parlamentares, especialistas, empresários e terceiro setor) debateram ao longo da semana proposições para traçar caminhos para melhorar a gestão e a educação públicas.
COM GOVERNO DO ESTADO

Send this to a friend