Haddad deve avançar em votos de indecisos e entre eleitores de Marina, avaliam marqueteiros

Provável candidato do PT após a saída de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) da disputa presidencial, Fernando Haddad deve avançar primeiro nos votos dos incisivos e de Marina Silva (Rede), caso consiga reagir nas pesquisas como candidato de Lula, preso desde 7 de abril em Curitiba. A avaliação é de marqueteiros de campanhas adversárias.

Marina salta de 9% para 19% entre os eleitores que ganham até dois salários mínimos no cenário sem Lula, herdando, num primeiro momento, boa parte dos votos dos que se mostram mais fiéis ao ex-presidente. Pode ser a primeira a cair caso Haddad conquiste esse eleitorado.

Com informações do Jornal Folha de São Paulo

Leia a Anterior

Recuperação de Jair Bolsonaro pode durar semanas, afirmam especialistas

Leia a Próxima

General Theophilo condena violência e publica nota de solidariedade a Bolsonaro