Ivete Sangalo processa o Google Brasil

A  cantora Ivete Sangalo conseguiu na Justiça que o Google Brasil e as empresas Zip.Networking e Blasting S/A retirassem do ar uma notícia veiculada em setembro do ano passado, sobre o suposto risco de aborto das gêmeas Marina e Helena. No processo que corre na 8ª Vara Cível e Comercial da Comarca de Salvador, segundo o colunista Leo Dias, do Jornal O Dia, do Rio de Janeiro, consta que na época, “Ivete foi surpreendida com uma notícia estranha e inverídica, que lhe deixou, a um só tempo, chocada, revoltada e emocionalmente abalada”.

No último dia 3, a Justiça encerrou o processo após acordo entre as partes. Mas antes disso, o juiz do caso chegou a soltar uma decisão preliminar de urgência exigindo que as empresas retirassem os links das matérias do ar no período de até 24 horas, sob pena de multa diária no valor de R$ 10 mil. 

 

Com informação do Jornal O Dia