Líder dos Guardiões do Estado é preso e Polícia quebra espinha dorsal da facção cearense

A Polícia do Ceará conseguiu prender, neste sábado (12), o líder da facção criminosa Guardiões do Estado (GDE) suspeito de expulsar famílias de suas casas e ordenar ataques criminosos. A ação aconteceu no bairro Jangurussu e quebrou a espinha dorsal da facção criminosa

Emanoel Marques Palhano,  mais conhecido como ‘Manel’, de 28 anos, estava em sua residência, no Conjunto Maria Tomásia, os policiais cumpriram um mandado de prisão preventiva expedido pela Vara de Delitos de Organizações Criminosas contra ele. Manel já  havia sido preso em 27 de fevereiro de 2018, pelo mesmo crime e solto pela Justiça.

A ficha criminal do suspeito é extensa: roubo, furto qualificado, tráfico de drogas e associação para o tráfico, crime ambiental e crimes de trânsito. É, ainda, suspeito de ser autor intelectual de vários homicídios. Manel é suspeito de ser um dos líderes dos ataques que ocorrem no Estado há 11 dias.

Serviço

Qualquer informação que auxilie o Estado no combate aos criminosos, podem ser dadas pelo número de WhatsApp (85) 98969.0182 ou pelo telefone 181, o Disque-Denúncia.

Compartilhe: