Naumi tenta evitar desmonte de base na Câmara

O PREFEITO DE CAUCAIA, NAUMI AMORIM (PMB), demonstrou, na última quinta-feira, preocupação com o movimento do ex-governador Cid Gomes (PDT) que se reuniu com vereadores para discutir a montagem de um grupo de oposição à sua administração municipal. O semblante de Naumi deu lugar, porém, ao sentimento de alívio com a citação do nome de Cid Gomes na relação de supostos beneficiários de doações ilegais do Grupo JBS.

‘’Quem tem telhado de vidro, não pode cantar de galo no terreiro do vizinho’’, disparou um militante político que há seis anos acompanha o atual prefeito de Caucaia ao se referir às denúncias contra o ex-governador do Ceará. ‘’Quem com ferro fere, com ferro será ferido…ou já foi ferido’’, acrescentou, em tom de ironia, o mesmo militante político ao falar sobre o sorriso do presidente do TCM, Domingos Filho, amigo e conselheiro de Naumi, ao comemorar a citação de Cid Gomes na delação do Grupo JBS. Cid e Domingos são desafetos.

A reunião do ex-governador Cid Gomes com vereadores e dirigentes partidários ganhou destaque, na última edição do Jornal Grande Porto, como fato da semana na política de Caucaia. A leitura nos bastidores políticos do Município é que a articulação de Cid Gomes começou agora e ganhará corpo com os olhos voltados para 2018 e 2020.

Com apenas cinco meses de mandato, embora tenha manifestado inquietação com o gesto de Cid Gomes, Naumi Amorim tenta passar para os seus assessores e secretários que o momento é de trabalho e nada de preocupação com a política e com as eleições de 2018.

O descuido de Naumi na articulação deixa, contudo, espaços para os adversários e temor para o seu grupo que expõe angústia com o distanciamento entre o Executivo e os vereadores aliados. O reflexo dessa situação é que dos 18 parlamentares que ajudaram Naumi a se eleger, apenas seis (Germana Sales, Irenilde Fortunato, Mersinho, Fábio Herlandio, Fernando do Picuí e a presidente Natécia Campos) são tidos como fieis escudeiros do prefeito. ‘’Outros podem até declarar apoio, mas de coração, mesmo, somente esses seis’’, confessa um assíduo frequentador dos corredores da Câmara Municipal de Caucaia.