Novo valor para financiar imóveis com recursos do FGTS deve valer a partir de setembro

O novo patamar de R$1,5 milhão para financiar imóveis com recursos do FGTS deve passar a valer a partir de setembro deste ano. Inicialmente, o governo anunciou que o teto entraria em vigor somente em janeiro de 2019. Mas, o setor imobiliário reivindica a antecipação. A proposta foi levada ao presidente Michel Temer que ficou de consultar a equipe econômica. 

A possibilidade de antecipar o prazo foi tema de reunião convocada por Temer, na quarta-feira, no Planalto, a fim de debater medidas de apoio à construção civil. O governo aprovou, na semana passada, iniciativa para dar fôlego ao setor, com elevação de R$ 850 mil a R$ 950 mil para R$ 1,5 milhão o valor do imóvel que poderá ser financiado pelo Sistema Financeiro da Habitação (SFH), com o FGTS. 

O valor maior foi aprovado pelo Conselho Monetário Nacional (CNM). Mas a antecipação depende de nova deliberação do órgão. O começo do prazo foi estipulado em janeiro do ano que vem para que os bancos e empresas do setor pudessem adaptar seus sistemas às novas regras. 

 

Com informação do Jornal O Dia