Número de nascimentos no Ceará recua 5,1% em 2016

O número de nascimentos registrados no Ceará recuou 5,1% no ano passado, o mesmo percentual de queda do País, segundo dados do Registro Civil divulgados nesta terça-feira (14) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com o estudo, no ano passado nasceram 124.801 pessoas, 6.721 nascimentos a menos do que os 131.522 de 2015. Esta foi a primeira queda desde 2013, quando nasceram em solo cearense 122.401 pessoas
Em Fortaleza, conforme o IBGE, foram registrados 36.268 nascimentos em 2016, um número 5,74% inferior ao de 2015, que foi de 38.352. Outros municípios do estado tiveram registros significativos, entre eles: Caucaia (4.730) e Maracanaú (3.998), ambos na RMF, Juazeiro do Norte (3.369) e Sobral (3.265), no interior.

No Brasil em 2016 o número de nascidos vivos caiu 5,1% em relação ao ano anterior, interrompendo tendência de crescimento que vinha desde 2010. O fenômeno aconteceu em todas as regiões do país. O número de casamentos também sofreu queda – tanto para gays quanto para heterossexuais– e o de divórcios, por sua vez, aumentou.

Já era esperado que o número de nascimentos caísse em algum momento devido ao envelhecimento da população e da queda da taxa de fecundidade, mas a proporção do recuo surpreendeu os pesquisadores. Uma das hipóteses levantadas por pesquisadores do IBGE para explicar a queda do número de nascidos é o surto de zika, que inibiu mulheres de engravidarem.

Com Agências de Notícias