Ora, ora! A injustificável e estranha irritação de Roberto Cláudio ao ouvir cobrança sobre o Réveillon

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), demonstrou inquietação fora do tom ao reagir, com injustificável irritação, à cobrança do vereador Márcio Martins, que provocou e conseguiu que a Prefeitura fosse cobrada, pela Justiça, a apresentar, de forma transparente, os gastos do Município com a festa da virada do ano na Capital.

Márcio Martins, a exemplo de qualquer outro vereador que exerça com firmeza o papel de opositor, na opinião do comentarista econômico do Jornal Alerta Geral (Rádio FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza + 25 emissoras no Interior), jornalista Carlos Alberto Alencar, cumpriu apenas o papel que é esperado pelos eleitores que o colocam no Legislativo. 

Segundo Carlos Alberto, o prefeito Roberto Cláudio, ao invés de perder saliva com adjetivos e, até certo ponto, demonstrar uma descabida irritação por ouvir cobranças sobre despesas do Município, poderia usar a riqueza do vocabulário para dizer que, sem problema algum, as informações de gastos de qualquer ordem – e, no caso em tela, do Réveillon, estão disponíveis e com fácil acesso ao cidadão que, por sinal, paga altos impostos.


Acompanhe na íntegra o comentário de Carlos Alberto Alencar.

Send this to a friend