Para conter violência no Estado, Camilo promete presídio de segurança máxima e fim de regalias

Governador Camilo Santana, em entrevista ao Alerta Geral

O governador Camilo Santana reafirmou, nesta sexta-feira, 11, o compromisso com a população diante do caos vivido nos últimos dias na Grande Fortaleza e Interior do Estado. Camilo garantiu a entrega do primeiro Presídio de Segurança Máxima, anunciado em março de 2018, para junho deste ano.

A ideia é, com isso, fechar as cadeias vulneráveis, localizadas, principalmente, no Interior (que portam, em média, 20 presos) e concentrar os detentos em presídios mais preparados. O Governador fez o anúncio nesta sexta-feira, 11, no Jornal Alerta Geral, onde falou das principais medidas adotas para solucionar os problemas de Segurança Pública do Ceará.

Camilo fez questão de destacar a continuidade do mandato anterior que, segundo ele, enfoca três eixos: fortalecimento policial, sistema prisional e prevenção social. As últimas mudanças no eixo do sistema prisional, em pauta nos últimos 10 dias, são, segundo Camilo, uma importante iniciativa do Ceará que surtirá efeito nos próximos anos.

Sistema prisional

“No ano passado, criei uma secretaria exclusiva para cuidar do sistema prisional. É um absurdo. A polícia prende bandido e ele continua lá de dentro. […] O Estado não pode recuar. Quem manda aqui é o Estado. O estado tem o controle e bandido será tratado como bandido dentro do sistema prisional”, afirmou o Governador.

Na imprensa, Camilo vem afirmando o compromisso de continuidade da política adotada. Junto com o titular da pasta de Secretaria de Administração Penitenciária do Estado, Luís Mauro Albuquerque Araújo, o Governo busca a quebra da espinha dorsal das facções. As ações vêm causando represália por parte dos criminosos de dentro, inclusive, dos presídios.

Reunião dessa quinta-feira

Sobre a reunião ocorrida nessa quinta-feira, 10, no Palácio da Abolição, Camilo destacou a importância de conversar com a sociedade e explicar as ações do Estado. “Qualquer ação do Governo precisa se manter com apoio, diálogo“, afirmou.

Em reunião com o Judiciário e Legislativo, Camilo reafirma postura forte contra o crime/Foto: Reprodução

Sobre as medidas tomadas e como o Estado pretende garantir a segurança da população, afirmou que é um compromisso desafiador, mas necessário no Ceará e em todo o país.

“O Brasil precisa se unir entorno disso e aqui tivemos a coragem de tomar essa decisão.”

Compartilhe: