Por falta de recursos, Caixa suspende faixa intermediária do Minha Casa Minha Vida

A Caixa anunciou nesta terça-feira, 13, que suspendeu, por falta de recursos, a contratação de novas unidades habitacionais do programa Minha Casa Minha Vida para a faixa 1,5, voltada para famílias com renda mensal máxima de até R$ 2,6 mil.
De acordo com o banco, o orçamento para esta linha de crédito imobiliário foi “utilizado em sua totalidade” e as contratações do programa para esta faixa serão retomadas no início de 2019.
Em comunicado, a Caixa informou que somente a faixa 1,5 foi suspensa, todas as outras linhas de crédito continuam contratando novas unidades. As diferentes faixas do programa usam fontes de financiamento diversas. A faixa 1,5 é financiada com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).
O orçamento do Minha Casa, Minha Vida para 2018 é de R$ 57,4 bilhões. “Até o momento, foram contratadas cerca de 4,7 milhões de unidades habitacionais.”, informou o comunicado.
COM AGÊNCIA BRASIL

Leia a Anterior

Dieese: taxa de informalidade de novos ocupados chega a 74% em pesquisa

Leia a Próxima

Defesa de Bolsonaro tem 3 dias para explicar inconsistência de contas