Produtores perdem 100 toneladas de tilápia no açude Castanhão

O açude Castanhão amanheceu neste sábado com um mar de peixes mortos. As causas ainda estão sendo investigadas, mas é provável a mortandade tenha sido causada pela redução de oxigênio na água do açude.

A produção de Tilápia, pertencia a piscicultores das regiões do Curupati, Jaburu e proximidades do escritório do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS). Foram mais de 100 toneladas perdidas, causando prejuízo aos produtores.

O açude, o maior do Estado, atualmente acumula menos de 4% de sua capacidade. Os funcionários da Prefeitura de Jaguaribara passaram o dia trabalhando na retirada dos peixes para evitar contaminação. Eles usaram tratores e caçambas. A Prefeitura em nota afirmou que está dando suporte aos psicultores, através das Secretarias de Aquicultura e Pesca e Infraestrutura.

Leia a Anterior

Sem convencer, Ceará arrasta vitória sobre Altos pelo Nordestão

Leia a Próxima

Governo negocia acordos de livre comércio com União Europeia