Que tal um fim de semana na Ilha do Amor?

São Luís do Maranhão com sua exuberante flora retrata bem o meio-norte, parte floresta, parte sertão. O burburinho das ruas, seus shoppings modernos e largas avenidas na parte nova da cidade, contrastam com seu Centro Histórico, no bairro Praia Grande, tombado como Patrimônio Mundial pela Unesco, com suas ruas estreitas e casas azulejadas. São mais de 3 mil construções. Bandeirinhas coloridas saúdam os visitantes e dão um ar junino ao espaço que conta com várias atrações, lojinhas com artesanato típico, confecções, lembracinhas, museus.  Na tardinha apresentações de teatro de rua contam a história da cidade.

Para que gosta de iguarias regionais, no mercado público,  400 ml de Jussara (conhecido em outras plagas como Açaí) custa em torno de R$5,00. Vários pratos a base de peixe podem ser saboreados em seus restaurantes e para matar a sede, o Guaraná Jesus, amado por muitos! Entre os passeios são recomendadas as praias do Calhau, Araçagi e do Carimã (Raposa), Panaquatira, São Marcos e ainda a Lagoa da Jansen. Na cidade de São José de Ribamar, a Praia do Banho é convidativa. Na cidade de São Luís, o mar avança na terra e depois seca por completo entre as ilhas, possibilitando a passagem a pé. São vários cenários paradisíacos, e de lá é possível uma visita aos Lençóis Maranhenses.

São Luis tem uma rica cultura popular que ecoa nos quatro cantos da cidade. O diferencial é o reggae que não é originário da cidade, mas trazido do Caribe. A cidade é conhecida como “Jamaica Brasileira” pelo ritmo que é difundido por grupos musicais conhecidos como  “radiolas”, são mais de 200 grupos, que possuem paredes de som que chegam a ter até 40 amplificadores.  Outras manifestações são: o Tambor de Crioula, que é uma  dança folclórica de origem africana, um rito de louvor a São Benedito; o Cacuriá, que surgiu como parte das festividades do Divino Espírito Santo e a Dança do Coco, que é originária do canto dos trabalhadores nos babaçuais. É uma dança de roda, com acompanhamento de pandeiros, ganzás, cuícas e das palmas dos que formam a roda.

Outras atrações

Teatro Arthur Azevedo

Igreja da Sé

Palácio dos Leões

São Luis Shopping

Palácio Daniel de La Touche

Palácio La Ravardière

Palácio Cristo Rei

Museu Histórico e Artístico do Maranhão

Museu de Arte Sacra

Memorial Maria Aragão

Casa Histórica de São Luis

Igreja da Sé

Nossa Senhora dos Remédios

Igreja de Nossa Senhora do Carmo

Igreja de São José do Desterro

Como chegar

O voo direto de Fortaleza a São Luis tem duração de 1h15 e custa em média entre R$ 338,00 (classe econômica) sem escalas a R$ 1.880, mas é bom esperar as promoções que sempre são oferecidas pelas companhias aéreas. Via terrestre o trecho fica em torno de R$157,42 em ônibus Executivo e R$240,15 em leito. O problema é o tempo de viagem que oscila em mais de 20 horas de viagem. De carro são 13h16min para percorrer 1.070 km.

Onde ficar

Soft Inn São Luís (diária R$ 115, em média)

Hotel Luzeiros (R$ 211,00)

Grand São Luís Hotel (R$ 165,00)

Stop Way Hotel (R$ 194,00)

Litorânea Praia Hotel (R$ 210,00)

Pousada Portas da Amazônia (R$ 166,00)

Hotel Adventure (R$ 190,00)

Green Smart Hotel (R$ 166,00)

Calhau Praia Hotel (R$ 190,00)

Nobile Inn São Luis (R$ 135,00)

Hotel Abbeville (R$ 197,00)

Brisamar Hotel & SPA (R$ 177,00)

Skina Express Hotel (R$ 151,00)

Veleiros Mar Hotel (R$ 193,00)

 

Onde comer

Sofisticado

Coco Bambu São Luís (Cozinha Brasileira, Frutos do mar, Sul-americana)

Thai Cozinha (Contemporânea, Tailandesa e Japonesa)

Chez Romy (Francesa)

Restaurante Gaia Bistrô. Lounge. Bar ( Contemporânea)

Popular

O Rei Do Beiju Recheado (Brasileira, Sul-americana)

Feijoada Sabor (Brasileira, Sul-americana)

Rock & Ribs Jaracati Shopping (Steakhouse, Fast food)

Botequim São Luis (Brasileira, Churrasco, Sul-americana)

Café da manhã

Cabana do Sol (Brasileira, Frutos do mar, Sul-americana)

Viveiro Tracoa

Dolcce Grill

Barraca Landrua Mariscos