Recurso do FNE para investidores do Nordeste foi destravado por ação de Eunício destrava

A mobilização do presidente do Congresso Nacional, Eunício Oliveira (PMDB-CE), junto à equipe econômica do governo federal resultou em mais um avanço para a liberação dos recursos do Fundo Constitucional do Nordeste (FNE) para investimentos na região. E, nesta quinta-feira (22), o governo federal publicou decreto regulamentando o Coeficiente de Desequilíbrio Regional (CDR), que reduz a taxa de juros do FNE, última etapa restante para que o Banco do Nordeste libere financiamentos para pequenos e grandes empreendedores da região.

No total, são R$ 18,4 bilhões disponíveis para empréstimos a empreendedores do Nordeste e em cidades mais pobres de Minas Gerais e Espírito Santo. Esses recursos estavam bloqueados, aguardando apenas a regulamentação do CDR.

De acordo com o decreto, o CDR a ser aplicado no cálculo dos juros aplicados aos financiamentos será divulgado pelo IBGE no prazo de trinta dias.

Essa é uma luta antiga do senador Eunício. Desde o segundo semestre de 2017 ele insiste, junto ao governo, na diferenciação da taxa de juros para os financiamentos realizados com recursos do FNE. “Essa é uma importante política de desenvolvimento regional. Com uma taxa reduzida, o crédito ao pequeno e grande investidor do Nordeste fica mais acessível e a preço mais justo, o que irá gerar novos negócios, empregos e renda para a população”, comemorou.

Com informações da Ascom

Send this to a friend