Saiba como antecipar a sua aposentadoria por idade

A falta de cumprimento da carência é o motivo que mais leva o INSS a negar pedidos de aposentadoria por idade. A carência é diferente do tempo de contribuição, pois o instituto exige que tenha havido, de fato, recolhimento. O entendimento impede, por exemplo, a utilização do tempo especial convertido em comum ou o afastamento por problema de saúde para cumprir esse período mínimo.

Para a maioria dos segurados, será necessário comprovar 15 anos para garantir o benefício, além da idade mínima de 60 anos, para as mulheres, e de 65, para os homens. E para chegar antes ao benefício, o ideal é o segurado brigar pela inclusão de todo e qualquer trabalho no Cadastro Nacional de Informações Sociais, Cnis.

Na aposentadoria por idade, o INSS só considera, para o cálculo da média salarial, grupos de 12 contribuições. Portanto, cada mês será importante. É comum que atividades antigas estejam com falhas no Cnis, pois são anteriores à digitalização dos arquivos. Para garantir que esses períodos entrem na conta, o segurado precisa apresentar ao INSS documentos complementares, como holerites, contratos, cartão de ponto e até depoimentos de colegas da mesma época.