Saiba como usar a nota do Enem no Sisu

Foto: Reprodução.

Com a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018, realizado neste domingo, 4, e no próximo, 11, os estudantes terão duas oportunidades de tentar ingressar no ensino superior público por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Uma delas ocorre no primeiro semestre de 2019 e a outra no segundo semestre.  

Quando o sistema estiver disponível, os candidatos que não tiverem zerado a redação vão poder acessar o Sisu e escolher, por ordem de preferência, até duas opções entre as vagas ofertadas pelas instituições públicas.  

Eles ainda deverão definir se desejam concorrer a vagas de ampla concorrência, a vagas reservadas de acordo com a Lei de Cotas ou a vagas destinadas às demais políticas afirmativas das instituições. 

Durante o período em que o Sisu estiver aberto para as inscrições, é possível verificar a classificação parcial no curso escolhido e alterar a opção. Uma vez por dia, o sistema é atualizado.  

No fim, o Sisu ordena a posição de cada aluno de acordo com sua média no Enem (algumas instituições atribuem pesos diferentes às notas, o que pode alterar a média final) e os classifica de acordo com o número de vagas.  

Terminado esse processo, é divulgada a lista de selecionados e o boletim individual de acompanhamento, no qual o candidato pode consultar sua classificação e o resultado final. 

Fique por dentro  

O que é: sistema disponibilizado pelo Ministério da Educação no qual estudantes podem se inscrever para tentar ingressar em uma universidade pública.  

Quando: duas vezes ao ano. Uma no primeiro semestre e outra no segundo semestre.  

Quem pode: estudantes que realizaram o Exame Nacional do Ensino Médio do ano anterior e que não tiraram nota zero na redação.  

Com informações do Ministério da Educação

Leia a Anterior

Brasil contratou quase 230 mil jovens entre janeiro e junho de 2018

Leia a Próxima

Equipe econômica de Temer vai sugerir medidas a economista de Bolsonaro