Véi macho, sim senhor!

Véi macho, sim senhor!

Mais antiga instituição federal com atuação no Nordeste, o DNOCS completa 108 anos de existência amanhã, dia 21.

Em mais de um século, o órgão construiu 327 barragens, distribuídas por todo o território do semiárido, com capacidade de acumulação superior a 27 bilhões de m³ de água. É responsável por 37 perímetros de irrigação em operação, 13 estações de piscicultura e um Centro de Pesquisas em Aquicultura, além de atuar em diversas outras áreas, como na perfuração de poços artesianos, construção de adutoras e combate à desertificação.

Antes de tudo, um forte

Apesar de mal tratado e abandonado pelos últimos governantes, é importante destacar que, com pouco mais de 1.500 servidores e muito tempo sem realizar concurso para renovar e ampliar seu quadro de pessoal, o DNOCS continua desenvolvendo ações para garantir o desenvolvimento sustentável, a conservação ambiental e a permanência com qualidade de vida das população.

Falta segurança

Odilon Aguiar (PMB) denunciou, durante plenária da quinta-feira (19), na Assembleia, a situação da segurança pública do Estado. De acordo com ele, o crescimento dos índices de violência no Ceará estão associados à “falta de planejamento e de competência do governador Camilo Santana”. Ele citou o caso recente de um grupo de turistas agredido em Jericoacoara. A situação foi divulgada pelas atrizes Luana Piovani e Antônia Fontenele em vídeo nas redes sociais. “Uma situação dessa é muito grave, pois ela repercute em todo o País”, comentou.

Violência cresce

Em aparte, Ely Aguiar (PSDC) afirmou que a violência no Ceará só cresce há dois anos. “Enquanto a oposição se cala, o governador enxuga gelo nomeando um secretário que adora uma mídia”, lamentou. O deputado informou ser autor de dois projetos de indicação, aprovados pela AL, que tratam sobre a construção de Delegacias de Apoio ao Turista nas praias de Canoa Quebrada e Jericoacoara. “Governo fez vista grossa às minhas propostas e agora estamos vivendo esse tipo de situação”, afirmou.

Entre os piores

Aderlânia Noronha (SD) avaliou que o investimento do Governo do Estado em segurança pública não atende à demanda do Estado. Ela lembrou que existem cidades de 30 mil habitantes que só contam com 12 policiais no efetivo. “Muitas nem delegados, nem trabalho de investigação têm, daí estarmos entre os piores estados do País em segurança pública”, criticou.

Férias coincidentes

Tramita na Assembleia Projeto de Indicação de Aderlânia Noronha que assegurará aos servidores públicos do Estado, pais ou responsáveis legais de alunos menores com deficiência, o direito a férias coincidentes com o período de recessos escolares. A deputada ressalta que a medida não deve ser vista como um benefício para o empregado, mas, sim, ao seu filho com deficiência, uma vez que a finalidade do projeto é a de proporcionar uma atenção efetiva ao menor acometido de deficiência.

Homofobia mata

Dando continuidade à discussão sobre o aumento dos casos de violência homofóbica no Ceará e no País, Iraguassú Filho (PDT) apresentou, na Câmara Municipal, estatísticas de denúncias coletadas pela Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual da Prefeitura de Fortaleza, através do Centro de Referência LGBT Janaína Dutra, demonstrando o que não se pode esconder que a homofobia mata. “Aqui e em todo o País, diariamente pessoas são violentadas unicamente devido a sua orientação sexual.” – denuncia o vereador

Mais de um por dia

Iraguassú detalhou os casos de assassinatos de LGBT no Estado em 2017. Conforme levantamento do Centro Janaína Dutra, até setembro desse ano, já ocorreram vinte homicídios de LGBTs, todos com motivações homofóbicas.

“Estamos extremamente preocupados com que vem acontecendo com a população LGBT. Cada dia morrem mais pessoas. Ano passado, os levantamentos mostravam um homicídio a cada 25 horas. Agora em final de setembro, já se contabiliza um homicídio a cada 23 horas.” – destacou.

Amigo na praça

Uma feira comemorativa aos 20 anos de criação do Crediamigo será realizada em paralelo ao Seminário Empreender, hoje e amanhã, no Centro de Negócios do Sebrae Ceará. Serão 55 representantes de micro e pequenos negócios que farão exposição de seus produtos para venda no local. Todos eles são beneficiados pelo programa de microcrédito do Banco do Nordeste, considerado o maior de viés produtivo e orientado da América do Sul. Também haverá estande para contratação e divulgação das linhas de crédito.

Líder em microcrédito

Segundo o superintendente de Microfinança e Agricultura Familiar do BNB, Alex Araújo, o Crediamigo prepara-se para atingir a marca de três milhões de clientes ativos, mantendo a liderança nacional no mercado do microcrédito. Em 20 anos, o programa contribuiu para a inclusão financeira de mais de 5,7 milhões de empreendedores. O montante concedido passa de R$ 50 bilhões, o que corresponde a 31,5 milhões de operações de crédito, 60% do mercado nacional. No Ceará, foram 10,4 milhões de operações, no total de R$ 14,9 bilhões. Os recursos beneficiaram mais de 1,4 milhão de empreendedores.

BB abre mais cedo

Até 31 de outubro, 1.334 agências do Banco do Brasil em todo o país abrirão uma hora mais cedo para atendimento exclusivo aos cotistas do Pasep. A lista das unidades com horário especial está disponível na página do Banco do Brasil na internet. De acordo com o BB, que opera o Pasep, as agências com horário estendido foram escolhidas com base em critérios como a previsão de adensamento de cotistas do Pasep com direito a saque. O banco também levou em conta a estrutura das unidades.

Educação para o turismo

Destino mais procurado pelos brasileiros, segundo pesquisa do Ministério do Turismo, o Nordeste aparece como segunda região com o maior número de inscritos no canal de educação online e gratuito Brasil Braços Abertos (BBA): 7.435, atrás apenas do Sudeste, com mais de 11 mil participantes. O programa, que encerrou suas inscrições na segunda-feira (16), registrou 26.856 mil participantes em todo o Brasil. A Bahia teve o maior número de inscrições (2.545), seguida de Pernambuco (1.302), Ceará (1.128), Rio Grande do Norte (592), Alagoas (565), Maranhão (555), Paraíba (322), Piauí (236) e Sergipe (190).

Flexível e dinâmico

O Brasil Braços Abertos oferece flexibilidade para quem deseja aprimorar seus conhecimentos, pois cabe ao aluno decidir o melhor horário e local para estudar. Nele, é possível aprender de forma dinâmica (com videoaulas e jogos) temas como atendimento ao turista, sustentabilidade, planejamento financeiro, marketing, inglês, e prevenção de riscos. O curso pode ser acessado por qualquer dispositivo com internet, como celulares, tabletes e computadores.