A poesia que narra o lado obscuro e rebelde da vida

O livro “Um rolezinho pelo lado selvagem” relata as vivências do médico e poeta Luiz Teixeira Neto

“Um rolezinho pelo lado selvagem” descreve em poesia 75 anos de seu autor, o psiquiatra e artista Luiz Teixeira Neto. Em 31 poemas, o autor revela os seus amores, as dores, o tesão e a paixão, que não se resume a amorosa. Ao som do DJ Alan Morais, a obra será lançada neste sábado (31), a partir das 11h, no Florida Bar.

Um rolezinho pelo lado selvagem “é uma síntese de uma vida marcada não só pela poesia, mas pela coragem de experimentar e explorar abismos para, sem disfarces, poder apresentar o outro lado, o avesso das coisas e o rosto atrás das máscaras”, revela o autor. Com ilustrações do diretor de arte Saul Ferreira, que foram escolhidas cuidadosamente, os poemas retratam diferentes épocas e situações existenciais.

A paixão de lutar por uma vida menos ordinária, por um mundo menos vazio, foram as inspirações para a criação dessa obra, que completa a trilogia iniciada com “Caminhos e Pegadas” (2017) e “Hannah e a Bailarina” (2018). Os poemas passeiam pelo tempo, desde meados dos anos sessenta até os dias atuais. O Autor fala sobre coisas que aconteceram com ele e com outras pessoas.

“Cada obra leva pelo menos um ano para as ilustrações se encaixarem com as produções textuais. É um processo incrível de construção e desconstrução com Saul, que acabou se tornando um amigo e companheiro deste processo criativo”, conta Teixeira.

Entre as temáticas abordadas, destaca-se as angústias políticas dos difíceis anos de 60, 70, os dilemas pessoais dos anos 80, 90, 2000 e a importância de suas musas, os afetos trocados com suas parcerias de sonho e de vida. “Esse livro é apenas um delírio poético. Uma ficção e realidade. Fala sobre sexo e drogas, como algo que foi bastante intenso na minha geração”, releva Luiz Teixeira.

Sobre o autor

Luiz Teixeira Neto, 75 anos, é médico psiquiatra e literato. Em 1983 lançou em livro um ensaio médico/científico que considera sua estreia na literatura. O título do livro é A Dialética da doença e outros temas correlatos. Em 2007 lançou o livro bissextos, uma coletânea de poesias. Posteriormente publicou vários poemas em antologias e revistas literárias. Em 2014 lançou uma plaquete com o título: Um rolezinho pelo lado selvagem, que agora se transformou em livro.

Serviço:
Lançamento do Livro “Um rolezinho pelo lado selvagem”

Dia: Sábado (31)
Hora: 11h
Local: Florida Bar – Rua Dom Joaquim, 68 – Centro
Onde comprar: No dia do evento, e após o lançamento, na Livraria Cultura

 

Leia a Anterior

Peixes são encontrados mortos em canal de polo de lazer; populares reclamam de lixo no local

Leia a Próxima

Caixa Econômica Federal prorroga campanha para quitação de dívida