Alerta Geral: Beto conta bastidores do rompimento de Audic e Chiquinho

O grupo político do presidente regional do DEM e primeiro suplente de senador Chiquinho Feitosa rompeu com o deputado estadual Audic Mota (PMDB) e terá outro nome para concorrer a uma vaga na Assembleia Legislativa. Chiquinho, segundo o jornalista Beto Almeida, em seu comentário, nesta sexta-feira, no Bate Papo Político do Jornal Alerta Geral (FM 104.3 – Grande Fortaleza + 22 emissoras no Interior), não escondeu a insatisfação com o gesto de Audic de recusar o convite para se filiar ao DEM.

Beto Almeida fez referência, ainda, a  notícia dada pelo blog do jornalista Edison Silva, que revelou, nessa quinta-feira, que, durante reunião na última quarta com o ex-governador Cid Gomes, Chiquinho, acompanhado do ex-deputado estadual Idemar Citó, o comunicou sobre o rompimento com Audic Mota. O grupo terá outro nome na Região dos Inhamuns para deputado estadual.

A ausência de Audic Mota à reunião dos dirigentes regionais do DEM, realizada, no dia 11 de dezembro, no escritório do advogado Caio Asfor, para ultimar os últimos preparativos para a solenidade de filiação do deputado federal Danilo Forte e do prefeito de Tauá, Carlos Windson – filiação ocorrida oito dias depois, gerou descontentamento ao empresário Chiquinho Feitosa.

Audic chegou quando a reunião estava terminando e comunicou a Chiquinho que, antes de assinar ficha ao DEM, teria uma conversa com o presidente do Senado, Eunício Oliveira. Antes da solenidade do DEM para receber Danilo Forte, Chiquinho ouviu uma nova conversa de Audic Mota: a filiação ao DEM ficaria para o mês de março ou abril. Com essa conversa, Chiquinho jogou a toalha. Audic chegou a conversar com Eunício e trabalha para permanecer no PMDB.

Isso e muito mais no player abaixo. Confira!

AUDIC MOTA

Leia a Anterior

The Noite Especial de Natal vai ao ar nessa segunda, 25

Leia a Próxima

Confiança da Construção avança 2 pontos e tem maior nível desde 2015