André Fernandes se pronuncia hoje sobre denúncias contra Nezinho Farias

Denúncias de que haviam parlamentares envolvidos com organização criminosa teve repercussões negativas e piorou após acusação específica contra deputado Nezinho Farias

André Fernandes (Foto: Reprodução)

Após alguns dia em Brasília, onde conversou com o presidente Jair Bolsonaro e buscou articulações para melhorias no estado, o deputado André Fernandes (PSL) retorna ao Ceará e promete dar uma coletiva hoje (24) às 10 horas, para apresentar provas concretas de suas acusações contra o parlamentar Nezinho Farias (PDT).

Na última semana, André apresentou junto ao Ministério Público do estado do Ceará um documento contendo as denúncias formais contra os parlamentares da Assembleia Legislativa. À princípio, o ofício foi entregue em sigilo, mas houve um vazamento e então descobriu-se a acusação específica de Andre contra Nezinho Farias, no caso, de que este teria envolvimento com organização criminosa. 

A temática entrou em pauta no Bate-Papo político desta segunda-feria (24) do Jornal Alerta Geral (Expresso FM 104.3 + 26 emissoras no interior + Redes Sociais). O jornalista Beto Almeida comenta a expectativa para o que André deve mostrar de provas concretas hoje:

Essa história já vem se arrastando desde o último dia 14 de junho, quando o deputado Andre Fernandes entregou essa denuncia formalmente ao ministério publico estadual. Houve uma reação forte dos deputados cobrando provas do deputado e é isso que ele disse que vai fazer hoje, não marcou horário dessa coletiva, mas disse que hoje ele vai entregar provas mais concretas como fotos e até videos

As declarações do parlamentar do Partido Social Liberal tiveram uma repercussão muito ruim dentro da Assembleia Legislativa, sobretudo quanto à citação do deputado Nezinho Farias de envolvimento com o grupo Primeiro Comando da Capital (PCC). Os deputados casa defenderam Nezinho e cobraram fundamentos plausíveis para tais denúncias.

Como consequência de suas declarações, André Fernandes já sofreu duas representações no Conselho de Ética da Assembleia Legislativa. A primeira foi encaminhada pelo PSDB na semana passada e no dia de hoje (24) o Partido Democrático Trabalhista (PDT) tem uma reunião marcada para formalizar a segunda representação contra André Fernandes.

Leia a Anterior

“Era algo terrível”, afirma Beto Almeida sobre sistema de capitalização da reforma da Previdência

Leia a Próxima

Secretarias Municipais de Educação têm até quinta para apresentar frequência escolar dos beneficiários do Bolsa Família