Após sofrer acidente, Mariana Xavier passa por cirurgia de emergência

Praga de Dona Hermínia é fogo! Rs. Só que não foi Aruã que se quebrou na selva, fui eu! Passado o susto e com informações mais claras em mãos, já posso dar notícias pra vocês, comentou Mariana.

Mariana Xavier dividiu nessa segunda-feira (6), que precisou passar por uma cirurgia de emergência após sofrer um acidente. A atriz estava com a estreia de seu primeiro monólogo Antes do Ano que Vem marcada para o dia 10 de janeiro, mas teve que adiar pois precisará ficar 30 dias sem pisar no chão.

Praga de Dona Hermínia é fogo! Rs. Só que não foi Aruã que se quebrou na selva, fui eu! Passado o susto e com informações mais claras em mãos, já posso dar notícias pra vocês, começou Mariana.

O sorriso da foto esconde muitas lágrimas que ainda estão vez ou outra rolando pelo meu rosto: de medo, de alívio, de tristeza, de preocupação, de frustração, de gratidão, de culpa, tudo misturado!!! Em contagem regressiva pra estreia do meu primeiro monólogo, que aconteceria na próxima sexta, um acidente besta me obrigou a recalcular a rota. Num momento de felicidade plena, cheia de motivos pra agradecer e comemorar, pulando na chuva feito criança, escorreguei feio na grama e acabou-se a brincadeira.

Mariana conta que levada ao hospital e descobriu que precisaria fazer uma cirurgia de emergência.

Depois da força-tarefa pra me levar até o hospital em Friburgo, o veredito: lesão no ligamento do tornozelo, fratura de fíbula, cirurgia de emergência, dois parafusos, e agora, pra começar a recuperação, 30 dias sem pisar. E só não foi pior porque os músculos dessas pernocas dançantes seguraram muito do impacto! 

Por fim, a artista desabafou sobre as inconstâncias da vida e acontecimentos inesperados.

Acredito que situações parecidas já tenham ocorrido com muitos de vocês: quando a gente menos espera, quando a gente acha que tem tudo sob controle, o Universo dá um jeito de mostrar quão pequeno e frágil a gente é! E quanto a gente ainda tem pra aprender sobre a vida! Por mais difícil que seja entender, aceitar e administrar imprevistos assim, quero conseguir continuar trocando o POR QUÊ? pelo PRA QUÊ? e absorver dessa experiência o melhor que ela tiver pra me oferecer. Aprender a pedir e aceitar ajuda talvez seja a primeira das lições. Não tá fácil, mas já estou recebendo uma enxurrada de cuidado e amor!, declarou Mariana, agradecendo na sequência o apoio de todos.

Leia a Anterior

Águas do Rio São Francisco deverão chegar ao Ceará no mês de março

Leia a Próxima

Capes oferece 60 mil bolsas para a formação de professores da educação básica