Armas e explosivos que seriam vendidos para quadrilhas de assaltos a bancos na Região Norte do Ceará são apreendidos pela Polícia

A Polícia Civil apreendeu armas, munições, explosivos, pólvora e chumbo que estavam dentro de quatro depósitos de fogos de artifícios na cidade de Graça, na Região Norte do Ceará. O dono dos comércios foi preso e, de acordo com os agentes, o material era vendido para facções e utilizado em assaltos a bancos.

A ação aconteceu na manhã dessa terça-feira (18), e foram apreendidos com o suspeito mais de 500 quilos de chumbo, centenas de caixas com fogos de artifício e munições prontas para armas calibre 12, 20 e 36. Todos os explosivos estavam armazenados de forma ilegal. A maioria, em caixas de fogos de artificio. As armas e explosivos foram levados para a Delegacia Regional de Sobral.

Agentes da Delegacia Municipal de Pacujá, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa e de outras delegacias especializadas participaram da ação.

Leia a Anterior

Pesquisa mostra que 97% das mulheres já sofreram assédio em transporte

Leia a Próxima

Mesmo com fim da quadra chuvosa no Ceará, Crato e Missão Velha registram as maiores chuvas do estado