Assembleia aprova programa do Governo do Estado de intercâmbio internacional para alunos de escolas estaduais

A Assembleia Legislativa aprovou o programa do Governo do Estado de intercâmbio internacional para alunos de escolas estaduais. O Programa Estudar Fora tem como objetivo garantir aos estudantes da rede pública de ensino a possibilidade de estudar uma língua estrangeira por meio de intercâmbio internacional. O programa entrará em vigor após sanção do governador Camilo Santana.

De acordo com o governador Camilo Santana, o projeto “Estudar Fora”, ofertado de forma gratuita, visa fortalecer nos alunos do Ensino Médio o conhecimento e o domínio prático de uma língua estrangeira, por meio da relação do intercâmbio internacional com escolas públicas ou privadas nos países de destino, com duração de um a seis meses.

Busca-se desenvolver nos alunos da rede estadual de ensino as competências e as habilidades que fortaleçam o currículo, ampliem as concepções do mundo, potencializem o protagonismo juvenil e que permitam uma prática do conhecimento adquirido, consequentemente aumentando as chances de empregabilidade dos jovens cearenses, afirma o governador.

Os processos seletivos para o Programa Estudar Fora serão disciplinados e divulgados pela Secretaria da Educação (Seduc) por meio de editais, os quais estabelecerão a modalidade de intercâmbio, a quantidade de vagas e os procedimentos de inscrição e seleção dos candidatos.

Para participar, os estudantes de Ensino Médio matriculados nas escolas da rede estadual devem ter no mínimo 14 anos de idade, não ter sido reprovado no ano anterior ao processo seletivo e ter registrado frequência mínima de 85% nas aulas regulares. Além disso, é necessário apresentar média mínima de 8 pontos em língua portuguesa, matemática e língua estrangeira e pertencer as famílias inscritas no Cadastro único para Programas Sociais (CadÚnico).

O Programa Estudar Fora será responsável pela acomodação, alimentação, custos em despesas com passaporte e vistos, seguro viagem e de saúde, traslados e contratação de curso intensivo ou imersão acadêmica dos alunos.

Leia a Anterior

Inscrição para vagas remanescentes do Fies termina nesta sexta-feira

Leia a Próxima

Deputado Salmito apresenta proposta que inclui o critério da meritocracia no repasse dos royalties do petróleo na Assembleia