Bancada adia decisão sobre dinheiro para o Estado no Orçamento da União

Os deputados federais e senadores do Ceará, reunidos, na noite desta terça-feira, em Brasília, não chegaram a um acordo sobre a destinação dos recursos para o Governo do Estado no Orçamento da União de 2020. O Governador Camilo Santana (PT) quer, pelo menos, R$ 124 milhões dos R$ 248 milhões previstos para as seis emendas impositivas da bancada.

O deputado federal José Airton Cirilo (PT) disse que, após muita discussão sobre os investimentos a serem feitos e as obras mais prioritárias para o estado e os municípios, não houve entendimento sobre o volume de verbas que a bancada deverá destinar ao governo estadual.

José Airton antecipou que os deputados federais e senadores irão se reunir com o governador Camilo Santana em busca de um consenso sobre os recursos a serem inseridos no Orçamento da União para 2020. Camilo quer o dinheiro das emendas impositivas para a construção do hospital universitário da UECE, em Fortaleza, e, também, para a área de segurança pública.

Leia a Anterior

Edilardo pede a deputados e senadores Recursos para hospital regional de Itapipoca

Leia a Próxima

Ao Vivo! Acompanhe o Jornal Alerta Geral