Bancos querem reduzir limite que clientes podem sacar em dinheiro

Com o objetivo de coibir a lavagem de dinheiro, bancos e governo estudam limitar o uso da moeda em espécie em saques, compras e pagamentos. A ideia é que ninguém possa retirar quantias superiores a cerca de R$ 10 mil por operação. Como o dinheiro em papel é mais difícil de ser rastreado e, portanto, alvo desse tipo de crime, restringir a circulação é um dos maiores objetivos das instituições financeiras atualmente.

O correspondente do Jornal Alerta Geral (Rádio FM 104.3 – Expresso Grande Fortaleza + 26 emissoras no Interior), Carlos Silva, tem mais informações sobre o assunto. Confira no player abaixo!

Leia a Anterior

No Brasil, mãe recebe até 40% menos

Leia a Próxima

Comissão aprova fim do foro e mantém apenas para Presidentes