Biometria: Advogada Priscila Brito tira as dúvidas dos cearenses sobre o processo

A advogada orienta os fortalezenses a se programarem, pois o recadastramento na capital se encerra no dia 29 de novembro

Recadastramento Biométrico (Foto: Reprodução)

Em seu comentário nesta quinta-feira (08) no Jornal Alerta Geral (Expresso Fm 104.3 + 26 emissoras no interior + Redes Sociais do Ceará Agora) a advogada Priscila Brito comenta a importância da biometria e tira algumas dúvidas sobre a necessidade do processo para as eleições de 2020.

O recadastramento biométrico dos eleitores cearenses começou a ser realizado em 2009 e o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-CE) deve encerrar a transição até este ano para que “as eleições de 2020 sejam 100% biométricas”, aponta Priscila.

A advogada orienta os fortalezenses a se programarem, pois o recadastramento na capital se encerra no dia 29 de novembro. Por outro lado, para os cearenses que moram no interior do estado os prazos são diferentes e precisam ser consultados junto ao Cartório Eleitoral do Município.

Priscila comenta que o processo é simples e rápido. São coletadas as impressões digitais, uma foto e uma assinatura, sendo que é possível agendar o atendimento para dia e horário preferido. No ato do recadastramento é necessário apresentar somente os documentos originais de RG, CPF e comprovante de residência atualizado, não necessitando de xerox.

Para os eleitores analfabetos, maiores de 16 anos ou menores de 18 e que possuam acima de 70 anos, a advogada instrui:

“Os eleitores que possuem voto facultativo são obrigados a fazer o recadastramento. Quanto aos idosos de mais de 70 anos eles devem ir pessoalmente, não havendo possibilidade de que forneçam de procuração à algum parente”

Aqueles que perderam o prazo de se cadastrar no sistema biométrico sofrerão consequências múltiplas. A começar pelo título pelo que será automaticamente cancelado e impossibilitará o eleitor de votar no próximo ano.

Desse modo, sem sua quitação eleitoral, “o cidadão não poderá se candidatar, participar de concursos públicos, se matricular em universidades públicas e até mesmo tirar passaporte”, alerta Priscila Brito.

Os cearenses que desejam se informar mais sobre o processo de recadastramento biométrico podem entrar no site do TRE ou ligar gratuitamente para o número 148. O atendimento fica disponível de segunda a sexta-feira de 07h da manhã as 07h da noite.

Você pode conferir na íntegra o comentário de Priscila Brito clicando no link abaixo:

Leia a Anterior

Após aprovação na Câmara, reforma da Previdência começa a tramitar no Senado

Leia a Próxima

Bate-Papo: “Promete ter uma votação rápida”, declara Beto Almeida sofre reforma no Senado