BNB destaca ações para fortalecimento das cadeias produtivas da pecuária na Pecnordeste

Foto: Reprodução.

O presidente do Banco do Nordeste, Romildo Rolim, destacou o papel da instituição no fortalecimento de cadeias produtivas na abertura do Seminário Nordestino de Pecuária (Pecnordeste 2019), nesta quinta-feira, 13, no Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza.

No evento, que segue até o dia 15,  produtores rurais e público em geral podem conhecer linhas de crédito disponibilizadas pelo Banco do Nordeste a segmentos como ovinocaprinocultura, avicultura, bovinocultura, suinocultura, apicultura e meliponicultura. A Pecnordeste 2019 conta com o patrocínio do BNB e tem como tema de sua 23ª edição “Tecnologia e inovação para uma pecuária competitiva”.

Cerca de 20 de agentes do Programa de Desenvolvimento Territorial (Prodeter) do Banco do Nordeste atuam no evento prestando informações ao público sobre linhas de crédito voltadas para segmentos de pecuária no Estado. Atualmente o BNB trabalha 71 projetos do programa, que busca estruturar atividades econômicas específicas com o fortalecimento das cadeias produtivas na Região. No Ceará dois projetos voltados para o desenvolvimento da bovinocultura leiteira foram selecionados, nos Territórios do Médio e Baixo Jaguaribe e de Sobral.

Já no âmbito do Fundo de Desenvolvimento Econômico, Científico, Tecnológico e de Inovação (Fundeci), o Banco disponibilizou R$ 3,9 milhões não reembolsáveis para 14 projetos com soluções inovadoras para implementação do Prodeter.

“A Pecnordeste tem convergência com o papel do BNB, que é ser o banco do desenvolvimento da Região. Atuamos no crédito de longo prazo, com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste, o FNE, e no financiamento de curto prazo, por meio dos nossos programas de microcrédito. Desde o ano passado, estamos atuando de forma mais rápida, mais célere e mais eficiente”, afirmou o presidente do BNB, Romildo Rolim.

Ele também falou sobre o aperfeiçamento no processo de crédito passa pelo Prodeter, que leva desenvolvimento aos municípios, por meio de ações conjuntas com entidades parceiras.

“Não basta só dar o crédito, mas fazê-lo com responsabilidade e sustentabilidade”, argumentou.

O superintendente estadual do BNB no Ceará, Rodrigo Bourbon, frisou que o evento tem como objetivo melhorar o acesso ao conhecimento pelos produtores rurais, com ampla programação técnico-científica, composta de palestras, oficinas, minicursos, seminários e exposições.

“O Banco do Nordeste participa da edição Pecnordeste 2019 com um novo e importante olhar, pois insere em definitivo o Prodeter como metodologia inovadora e eficiente de acesso ao crédito produtivo destinado ao agronegócio cearense. Durante todo o evento, nossas equipes de gestores e agentes de desenvolvimento prestarão atendimento ao público do evento, divulgando linhas de financiamento e disseminando o Prodeter com produtores rurais e parceiros em geral”, informa Bourbon.

Leia a Anterior

Deputados querem que André Fernandes prove denúncia sobre facções criminosas

Leia a Próxima

Nota contra declarações de André Fernandes. Veja os destaques do programa de hoje!