Brasileiro passa, em média, “32 dias por ano” no trânsito

O número gera espanto mas é bastante realista, principalmente, nos grandes centros urbanos

Nordeste é a segunda região que gasta mais tempo / Foto: Reprodução

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Ipsos e apresentada nessa quinta-feira (30), no evento Summit Mobilidade Urbana 2019, em São Paulo, mostra que o brasileiro passa, em média, 1h20 no trânsito realizando atividades principais do dia – como ir ao trabalho ou escola. Contanto todos os deslocamentos, a média chega a 2h07.

O número gera espanto mas é bastante realista, principalmente, nos grandes centros urbanos. Fazendo uma média, uma pessoa perde cerca de 32 dias por ano no trânsito. Nessa realidade, a região Nordeste é uma das que se gasta mais tempo, com média de 132 minutos. Perde apenas para a região Sudeste, com média de 144 minutos.

As pessoas das classes D e E são as que levam mais tempo nesse deslocamento: são cerca de 130 minutos por dia, seguida pela classe C, com média de 129 minutos, e a classe B, com 124 minutos. A classe A gasta cerca de 94 minutos no trânsito.

Três em cada quatro brasileiros não planejam gastos com transporte

A pesquisa também aponta que 76% dos brasileiros não fazem qualquer tipo de planejamento de quanto gastam com transporte. Nesse quadro, há uma grande diferença entre a percepção de quanto se gasta e a realidade desses gastos. Entre os donos de carros, essa diferença chega a ser seis vezes maior.

Os proprietários dizem gastar, em média, cerca de R$ 357 com o veículo, mas o gasto real pode chegar a R$ 2.090 por mês. Lembrando que esses valores consideram também os gastos com combustível, IPVA, seguro e manutenção de carro, etc. O gasto médio declarado chega a R$ 211, mas varia quanto à classe social: classe A (média de R$ 446 por mês); classes D e E (R$ 158).

Leia a Anterior

Quiterianópolis festeja resultados da 11º edição do Mais Paic

Leia a Próxima

Dia Mundial sem Tabaco: Brasil tem queda no número de fulmantes