Câmara aprova equipe com psicólogo e assistente social nas redes públicas de ensino

As equipes multiprofissionais – psicólogos e assistentes sociais – devem desenvolver ações voltadas para a melhoria da qualidade do processo de ensino-aprendizagem, com a participação da comunidade escolar. Os sistemas de ensino terão um ano, da data de publicação da lei, para tomar as providências necessárias ao cumprimento da norma.

O texto aprovado é um substitutivo do Senado. A relatora, deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ), votou pela rejeição de um dispositivo do texto que determinava a parceria com o Sistema Único de Saúde (SUS) para atendimento de necessidades especiais. Ela destacou que a mudança não afeta o objetivo principal da proposta.

Com a mudança, o texto determina a atuação de uma equipe para cada rede de ensino (estaduais e municipais). O texto eliminado poderia impor a necessidade de um psicólogo por escola para atendimentos individuais.

O objetivo é que haja uma equipe profissional em cada rede de ensino, afirmou.

 

Leia a Anterior

Fundo eleitoral e reforma da Previdência estão na pauta do Plenário na próxima semana

Leia a Próxima

Aprovada prioridade de matrícula escolar para filhos de vítimas de violência doméstica