Campanha Maio Laranja conscientiza a população sobre a prevenção ao suicídio

A lei propõe a realização de caminhadas, audiências públicas e debates nas escolas

A deputada Aderlânia Noronha (SD) destacou, durante ordem do dia realizada hoje (15) na Assembleia Legislativa, a importância da Campanha Maio Laranja, uma iniciativa da parlamentar, lançada no Ceará este mês. A Lei 16.673 estabelece que, anualmente, o Estado promova atividades, para conscientizar, prevenir e combater o abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes.

Segundo a deputada, com ações que sensibilizem a população, a lei propõe a realização de caminhadas, audiências públicas e debates nas escolas. A programação ainda envolve a realização de concurso de redação, entre os alunos da rede estadual de ensino, exibição de filmes, debates nos Centros de Referência da Assistência Social (Cras), realização de seminários, oficinas temáticas e a abordagem do tema em programas de rádio e TV. Além disso, a utilização da cor laranja simboliza a campanha em prédios públicos e instituições de ensino e religiosas.

Ao citar dados da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Estado, Aderlânia Noronha revelou que, no Ceará, em 2017, foram registrados 1.807 crimes de violência sexual. Destes, 1.412 vítimas tinham entre zero e 17 anos. Em 2018, até julho, foram 1.040 crimes sexuais, e 827 ocorrências. “Ou seja, em quase 80% dos casos, as vítimas eram crianças e adolescentes”, constatou.

Aderlânia considerou que o abuso e exploração de sexual de crianças e adolescentes são crimes covardes e envergonham a todos.

Não podemos nos omitir, sob pena de destruição de vidas que ainda despertam para a construção de um mundo melhor e mais justo, avaliou.

A parlamentar afirmou que a campanha chega como reforço às atividades alusivas ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, que acontece no próximo dia sábado (18).

Em conformidade com a campanha nacional, a cor laranja foi escolhida para funcionar como um “sinal de alerta”, despertando a consciência da sociedade e de cada indivíduo para uma realidade que precisa ser combatida por todos os meios disponíveis.

Leia a Anterior

Inscrições para segunda edição do Sisu abrem dia 4 de junho

Leia a Próxima

Juazeiro do Norte e Fortaleza recebem novos voos da companhia aérea Gol