Com 49 sentenças de adoção em setembro, Tribunal de Justiça do Estado do Ceará bate recorde

O Fórum Clóvis Beviláqua entregou 52 mandados de termos de adoção a pais e mães na última sexta-feira (11).  O documento  permite fazer o registro de nascimento em cartório das crianças adotadas. A entrega, realizada pela 3ª Vara da Infância e Juventude de Fortaleza, foi a maior já feita de uma única vez.

O número de sentenças julgadas em setembro foi um recorde para as Varas da Infância e Juventude de Fortaleza: foram 49 em um único mês. As três sentenças restantes foram julgadas em outubro, totalizando 52 sentenças julgadas.

Durante a cerimônia, junto com os mandados de adoção, foram entregues animais de pelúcia para simbolizar o afeto e o marco inicial de uma nova história na vida das famílias. A iniciativa foi em comemoração ao mês da criança e foi resultado da doação de servidores, promotores e juízes. Ao todo, em 2019, já foram proferidas 102 sentenças procedentes em processos de adoção.

Em junho deste ano, o TJCE firmou convênio com a Prefeitura de Fortaleza e o Governo do Estado que cederam 19 profissionais, entre psicólogos e assistentes sociais, para atuarem nos setores de adoção do FCB. Além disso, a nova Gestão do Tribunal, Fórum e Coordenação das Varas da Infância e Juventude implementou novas rotinas de trabalho, incluiu novo índice de Gratificação por Alcance de Metas (GAM), entre outras medidas.

*(Com informações do TJCE)

Leia a Anterior

AgroNordeste deve elevar produção agropecuária no Ceará em 35%

Leia a Próxima

Entidades e plataformas digitais são saída para renegociação de dívidas