Com guerra após o arrastão do PSD, Domingos manda recado: maldade volta para o remetente

Domingos classificou as denúncias como ciumeira política e, nessa segunda-feira, voltou às redes sociais e, em tom filosófico e poético, deixou um recado.

O presidente da Executiva Regional do PSD, Domingos Filho, alvo de denúncias de adversários por suposto uso do Orçamento da União como atrativo para garantir novas aliados, mandou, pelas redes sociais, um recado com endereço certo: os deputados estaduais Leonardo Araújo (MDB) e Audic Mota (PSB) e o Secretário das Cidades, Zezinho Albuquerque.

Leonardo e Audic abriram a caixa de críticas pesadas ao ex-vice-governador Domingos Filho que é acusado de invadir bases eleitorais de adversários para engordar, com prefeitos, ex-prefeitos e vereadores, os quadros do PSD. Domingos classificou as denúncias como ciumeira política e, nessa segunda-feira, voltou às redes sociais e, em tom filosófico e poético, deixou um recado:

‘’A maldade é um tipo de correspondência que acaba sempre voltando para o remetente’’, disse Domingos Filho, com mensagem endereçada, em tom de advertência a quem o ataca.

O recado, porém, tem como endereço os desafetos políticos Leonardo Araújo e Audic Mota, seus adversários na Região dos Inhamuns, e o Secretário das Cidades e deputado estadual licenciado Zezinho Albuquerque. Zezinho e Domingos são inimigos políticos declarados. Audic recebeu a missão de Zezinho para denunciar na Assembleia Legislativa a invasão, por Domingos Filho, de bases de deputados estaduais.

Leia a Anterior

“Nada disso é ilegítimo”, afirma Beto Almeida sobre cooptação de Domingos Filho e Domingos Neto para atrair aliados ao PSD

Leia a Próxima

Bolsonaro deve anunciar desoneração da folha em pacote de estímulo ao emprego nesta semana