Conflito interno arrasta Heitor Freire para o centro da crise no PSL

Deputado cearense manifesta indignação, por meio de nota, a notícias que o associam a vazamento de conversa com presidente Bolsonaro. Colega de PSL de Heitor, o deputado estadual André Fernandes o chama de pilantra, covarde e traidor

A crise interna que eclodiu no PSL levou para o centro do furacão o deputado federal Heitor Freire, único representante do partido do presidente Jair Bolsonaro no Ceará. Heitor manifestou, por meio de nota, indignação com notícias que classifica como falsas e que o vinculam a uma possível vazamento de uma conversa com o presidente Jair Bolsonaro.

Estão relacionando meu nome a uma divulgação de conversa do presidente Jair Bolsonaro. Sim, tive essa conversa com o presidente Bolsonaro, mas afirmo, nunca vazei qualquer áudio desse conteúdo e desconheço a origem da divulgação de gravações que envolvem a minha pessoa. Isso é criminoso e passível das medidas judiciais cabíveis. Repito, jamais divulgaria conteúdo de conversas com o Presidente Bolsonaro, disse Heitor, ao mandar um recado aos responsáveis pelas notícias.

Heitor afirma, ainda, na nota de esclarecimento, que sempre esteve na linha de frente na defesa do Governo Bolsonaro e os atritos internos no PSL não o farão mudar de posição.

Tenho com ele uma relação normal de diálogo entre os poderes legislativo e executivo, e ele buscou resolver uma questão inerente ao partido ao qual é filiado, expôs Heitor, ao repudiar qualquer tipo de gravação e divulgação de conversas com quem quer que seja.

Segundo Heitor, diante das notícias que considera fake News, irá adotar medidas judiciais.

Adotarei providências e solicitarei à Polícia Federal que investigue quem é o responsável pela divulgação dos áudios, bem como das Fake News que tem por objetivo causar desestabilização política e atentar contra a minha honra e a do Presidente, observou o parlamentar.

A informação sobre o vazamento da conversa foi divulgada pelo site O Antogonista. Desafeto de Heitor Freire, o deputado estadual André Fernandes assumiu como sendo Heitor Freire o interlocutor e autor do vazamento da voz de Bolsonaro em uma conversa sobre mudanças na liderança do PSL na Câmara Federal. André, em vídeo nas redes sociais, chama Heitor Freire de traidor, covarde e pilantra.

ÍNTEGRA DA NOTA DE ESCLARECIMENTO DE HEITOR FREIRE

Esclarecimento

Estão relacionando meu nome a uma divulgação de conversa do presidente Jair Bolsonaro. Sim, tive essa conversa com o presidente Bolsonaro, mas afirmo, nunca vazei qualquer áudio desse conteúdo e desconheço a origem da divulgação de gravações que envolvem a minha pessoa. Isso é criminoso e passível das medidas judiciais cabíveis. Repito, jamais divulgaria conteúdo de conversas com o Presidente Bolsonaro. Sempre estive na linha de frente na defesa do governo Bolsonaro e atritos internos do partido não farão com que eu mude de posição. Tenho com ele uma relação normal de diálogo entre os poderes legislativo e executivo, e ele buscou resolver uma questão inerente ao partido ao qual é filiado. Repudio qualquer tipo de gravação e divulgação de conversas com quem quer que seja. Adotarei providências e solicitarei à Polícia Federal que investigue quem é o responsável pela divulgação dos áudios, bem como das Fake News que tem por objetivo causar desestabilização política e atentar contra a minha honra e a do Presidente.

Confira o vídeo publicado nas redes sociais do deputado André Fernandes:

Veja a nota de esclarecimento publicada nas redes sociais:

Leia a Anterior

Crise no PSL: André Fernandes divulga em redes sociais vídeo afirmando que Heitor Freire gravou ligação de Bolsonaro

Leia a Próxima

Crescimento na economia: Ceará cria mais de 6 mil empregos formais em setembro