Governo Federal reconhece a crise hídrica em novos 22 municípios no interior do Ceará

Uma das medidas para atender aos moradores dessas localidades é o sistema de carro-pipa ou a perfuração de poços profundos.

Foto: Reprodução

A crise hídrica afeta milhares de moradores de cidades do interior do Ceará onde as chuvas foram insuficientes para elevar o nível de acúmulo de água nos reservatórios. O presidente da Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece), Nilson Diniz, disse que a situação mais crítica é nas comunidades rurais. Uma das medidas para atender aos moradores dessas localidades é o sistema de carro-pipa ou a perfuração de poços profundos.

Com a escassez de água para o abastecimento da população, o Governo Federal, por meio de portaria publicada no Diário Oficial da União, reconheceu a crise hídrica em novos 22 municípios, ratificando, assim, o decreto do Governo do Ceará de 26 de abril de 2019.

O Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil, registra que 33 dos 184 municípios do Ceará estão com reconhecimento de situação de emergência vigente. Em 2019, 67 cidades já foram atendidas pelo decreto. E, nessa lista, entram os municípios:

1 – Beberibe
2 – Boa Viagem
3 – Campos Sales
4 – Caririaçu
5 – Catarina
6 – Catunda
7 – Deputado Irapuan Pinheiro
8 – Itapajé
9 – Jaguaretama
10 – Jaguaribara
11 – Jati
12 – Milhã
13 – Mombaça
14 – Monsenhor Tabosa
15 – Morada Nova
16 – Nova Olinda
17 – Pedra Branca
18 – Pereiro
19 – Piquet Carneiro
20 – Saboeiro
21 – Solonópole
22 – Tarrafas

Leia a Anterior

Receita Federal anuncia normas para entrega da Declaração do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural

Leia a Próxima

Ao Vivo! Acompanhe o Jornal Alerta Geral