Davi Alcolumbre estima prazo de 45 dias para Senado votar reforma da Previdência

Já o líder do PT, senador Humberto Costa (PE), antecipou que independentemente da PEC Paralela, a oposição vai tentar rejeitar a reforma no Senado.

Presidente do Senado Federal, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP) concede entrevista na residência oficial. Foto: Marcos Brandão/Senado Federal

O presidente do Senado, senador Davi Alcolumbre, estima que a reforma da Previdência (PEC 6/2019) deverá ser votada na Casa em até 45 dias. O relator da comissão especial destinada a acompanhar a proposta, senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), antecipou que as mudanças serão inseridas numa PEC paralela, a exemplo da inclusão de estados e municípios, para garantir a promulgação dos pontos consensuais.

Já o líder do PT, senador Humberto Costa (PE), antecipou que independentemente da PEC Paralela, a oposição vai tentar rejeitar a reforma no Senado.

As informações são da repórter da Rádio Senado, Hérica Christian. Ouça o áudio com mais detalhes:

Leia a Anterior

Lei altera o Modelo de Gestão de Tecnologia da Informação para a administração pública estadual

Leia a Próxima

MPCE amplia programa “De Olho na validade” com rede de supermercados