Desempregados devem reavaliar postura para voltar ao mercado de trabalho

Foto: Reprodução.

A última pesquisa do IBGE mostrou que, dos 12 milhões e 966 mil de desempregados no país, 4 milhões e 800 mil são do grupo dos chamados desalentados: estão fora da força de trabalho por motivos pessoais ou desistiram de procurar oportunidades. Para especialistas, quem deixou de procurar emprego, a falta de experiência durante um certo período pode ser item contra o candidato.

Para quem quer voltar ao mercado de trabalho é preciso avaliar primeiro os motivos dessa ‘saída’. O ideal é procurar as empresas que deram respostas negativas para um feedback – retorno sobre os motivos da resposta – a partir daí avaliar o que deve ser mudado, seja no currículo ou na hora da entrevista. Com essa informação o candidato pode adotar uma nova postura com perspectiva de sucesso futuro.

Leia a Anterior

Telefonia celular alcança 98,2 por cento da população brasileira

Leia a Próxima

Tática de usar imagens de Bolsonaro internado divide aliados