Devido inúmeras reclamações, Agência Reguladora solicita explicações sobre antecipação do faturamento de contas da Enel

A Agência Reguladora do Estado do Ceará (Arce) convocou representantes da Enel Distribuição Ceará (antiga Coelce) para uma reunião, com o objetivo de esclarecer a antecipação do faturamento de contas de energia que apresentavam prazos, entre entrega da fatura e o vencimento, superiores a 30 dias. O procedimento atingiu 240 mil consumidores do Estado do Ceará. O problema teve início quando os usuários do serviço passaram a receber suas faturas de energia elétrica com antecedência superior a 30 dias em relação à data de vencimento, com algumas contas apresentando data de pagamento no mesmo mês.

Cerca de 48% dos consumidores afetados receberam duas faturas em um mesmo mês, enquanto 51% do total chegaram a receber duas faturas durante dois meses consecutivos. Segundo informação da própria Enel, a empresa realizou contato individualizado para explicações e ofertas de possibilidades de parcelamento sem juros e multas. A Enel já havia comunicado à Arce sobre a execução deste procedimento em reunião anterior, mas a reação dos consumidores foi superior às expectativas, gerando uma procura elevada aos postos de atendimento da distribuidora.

De acordo com a Enel, todos os consumidores afetados foram avisados por meio de mídias eletrônicas, com detalhes do procedimento e condições de parcelamento das faturas, sem juros ou multa.

Participaram da reunião representantes dos setores de Ouvidoria e Comunicação da Agência, além gestores das áreas de Faturamento, de Atendimento Presencial e de Regulação da Enel Ce.

Leia a Anterior

Regras para invalidez e deficiência não podem esperar PEC paralela, dizem especialistas

Leia a Próxima

Medida que vai implantar a carteira estudantil digital será assinada nesta semana