Duplicação da rodovia CE-025 avança com novas frentes de serviços

O principal objetivo é descomplicar o acesso e melhorar o tráfego na região turística, principalmente durante a alta estação.

Quem trafega pela rodovia CE-025, que dá acesso ao Porto das Dunas, tem constatado o avanço das obras de duplicação da via, no intervalo de 5,5 km entre a Rótula da Cofeco e Av. Oceano Atlântico. Com execução próxima dos 30%, os serviços têm previsão de entrega para o fim do ano. O projeto é executado através da Superintendência de Obras Públicas (SOP) e visa facilitar o acesso a uma das principais áreas turísticas no entorno da Capital.

Atualmente, as intervenções na CE-025 se estabelecem com cinco diferentes frentes de trabalho. A primeira se estende da rotatória do Posto Maluaga até o Alphaville, onde a base do asfalto está concluída e imprimada – fase prévia da aplicação do revestimento. A próxima fase é a aplicação da camada asfáltica e da sinalização. A segunda frente fica após a ponte do rio Pacoti (no sentido Prainha), onde foi aprontada a superfície para receber a base. Esse local, devido à área de dunas, é o que requer mais cuidado para proteger o meio ambiente e evitar impactos da movimentação das dunas na rodovia, de forma a aliar a segurança dos condutores e a preservação do parque de dunas.

A terceira frente vai do fim da área de rodovia margeada por dunas até a entrada do Aquaville. Estão sendo feitas as camadas finais de terraplenagem, com equipamentos de drenagem subterrânea, praticamente concluídos nessa extensão. Dali até a rotatória do Beach Park se concentra a quarta frente de trabalho, onde foram iniciados os serviços de drenagem.

Além dessas intervenções, está em andamento a tarefa do projeto que demanda mais tempo para ser executada: a construção de uma nova ponte, erguida do lado direito da antiga (sentido Prainha). Essa estrutura está com apronto em torno de 50%.

Diretor de Infraestrutura Rodoviária e Aeroportuária da SOP, Sérgio Azevedo destaca que o projeto de duplicação também prevê espaço reservado a quem trafega de bicicleta: “Hoje, até o acesso da Cofeco estamos com ciclovias implantadas. Na sequência, a rodovia terá a mesma estrutura da via existente, também com ciclovias que irão proporcionar o lazer dos ciclistas e a contemplação da bela paisagem da região”.

Maestro Lisboa

Parte da CE-025 já é duplicada desde 2012. É o trecho da Avenida Maestro Lisboa, que liga a CE-040 (Avenida Washington Soares) à rótula da Cofeco, passando pelos bairros Sapiranga e Lagoa Redonda, na Capital. Nesse trecho, o espaço para tráfego tem, de cada lado, duas pistas de rolamento de 3,5 metros de largura cada, totalizando 7 metros de largura, acostamento e calha central (onde passa a ciclovia).

 

 

 

 

 

 

(*)com informação do Governo do Estado do Ceará

Leia a Anterior

À espera da PEC paralela, Tasso acelera estudos sobre a reforma previdenciária

Leia a Próxima

Programa Tempo de Justiça será implantado nas comarcas de Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha