Em São Paulo, França cresce e está numericamente empatado com Doria, diz Ibope

Pesquisa Ibope/Estado/TV Globo. a última antes da eleição, os candidatos ao governo de São Paulo Márcio França (PSB) e João Doria (PSDB) estão numericamente empatados pela primeira vez desde o início do segundo turno. Cada um está com 50% dos votos válidos — com relação ao levantamento do 23 de outubro, França subiu três pontos, e Doria caiu três.
Quando contabilizados os votos totais, quando os brancos e nulos são considerados, França pontua 43%, contra 42% do tucano. Nesse parâmetro o socialista subiu quatro pontos em relação à pesquisa anterior. Doria caiu um ponto dentro da margem de erro, que é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos. Brancos e nulos somam 10%; os que não sabem ou não quiseram responder, 5%.
A pesquisa também mediu a rejeição. Doria é rejeitado por 36% dos entrevistados, enquanto 25% disseram que não votariam em França “de jeito nenhum”. A pesquisa revela diferença significativa entre capital e interior. Ex-prefeito que deixou o cargo para concorrer ao Palácio dos Bandeirantes, Doria perde de 63% a 37% na cidade de São Paulo.
Na Região Metropolitana, França também ganha: 56% a 44%. No interior do Estado, Doria vence com 58% dos votos válidos, ante 42% do adversário. Na capital, a rejeição a Doria é de 52%, contra apenas 22% de França.
O Ibope entrevistou 2.002 pessoas nos dias 26 e 27 de outubro de 2018. A margem de erro estimada é de dois pontos para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerada a margem de erro. A pesquisa foi contratada pelo Estado e pela Rede Globo e está registrada no Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo  sob o protocolo SP-02081/2018 e no Tribunal Superior Eleitoral sob o protocolo BR-04466/2018.
Datafolha
Já o Datafolha também realizou, a última pesquisa de intenção de votos para os governos dos estados de São Paulo, de Minas Gerais, do Rio de Janeiro e do Distrito Federal.
O levantamento mostra alta de Márcio França (PSB), que vai a 51% dos votos válidos em São Paulo, o que configura empate técnico com João Doria (PSDB), que tem 49%.
No Rio de Janeiro, a disputa entre o ex-juiz Wilson Witzel (PSC) e o ex-prefeito Eduardo Paes (DEM) também está indefinida: os candidatos têm, respectivamente, 53% e 47% dos votos válidos.
Mais tarde, às 20h35, o Datafolha divulgará a pesquisa para presidente. A disputa está entre Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL).
Com Ibope e Datafolha
Leia a Anterior

CNT/MDA: Primeira pesquisa do dia traz Bolsonaro com 56,8% contra 43,2% de Haddad

Leia a Próxima

Datafolha aponta que Ibaneis deve ser eleito governador do DF