Em visita ao Ceará, Ministro abre diálogo e promete investimentos para a região

O Ministro-chefe da Secretaria de Governo teve uma reunião inicial com prefeitos e depois seguiu para reunião com o governador e o secretariado

Em visita ao estado do Ceará nesta sexta-feira, o ministro-chefe da Secretaria de Governo, general Luiz Eduardo Ramos abriu diálogo com estados e municípios a fim de fortalecer uma aproximação com a região e apresentar o programa Pacto Mais Brasil, que prevê o investimento de mais de R$ 4 bilhões nos municípios até 2020.

Primeiro ele se encontrou com alguns prefeitos no Teatro São José. O presidente da Associação dos Municípios do Ceará (Aprece), Nilson Diniz, abriu o encontro, listando pedidos com relação as áreas como Saúde, Educação, Agricultura e Infraestrutura. As demandas foram formalizadas em uma carta entregue ao ministro no local.

Entre as petições, foram demandas a contratação de novos médicos, além de mais recursos para os hospitais de pequeno e médio porte, bem como envio de verbas para o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT) também fez cobranças semelhantes, mostrou-se estar preocupado com a redução de convênios e investimentos, e lançou questionamentos sobre a reforma tributária.

Ao tomar a palavra, o representante do Governo Federal pontuou que alguns problemas não são de agora, mas que o governo federal está ciente deles e trabalhando para “injetar” dinheiro nos estados e municípios. Sobre a proposta de extinção de municípios ele destacou que trata-se de uma medida econômica e que caberá ao Congresso Nacional definir seu futuro.

No intuito de afastar as diferenças políticas e estreitar os laços com as lideranças, o ministro seguiu par reunião com o governador Camilo Santana e o secretariado, no Palácio da Abolição. Durante o encontro, que ocorreu a portas fechadas, Camilo citou importantes obras de infraestrutura como o Cinturão das Águas, Linha Leste do metrô de Fortaleza, Transnordestina e as obras do Canal do Salgado, que necessitam do apoio federal.

A visita teve fim com elogio de ambos os lados, ministro e governador, e com a perspectiva de mais diálogo no futuro.

Leia a Anterior

Governador recebe ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República

Leia a Próxima

Sessão Itinerante em Juazeiro: Sarto enaltece ações para deixar o Legislativo mais perto da população