Estados nordestinos registram 70 casos de intoxicação por contato com manchas de óleo

Pelo menos três estados do Nordeste registraram casos de intoxicação devido ao contato com o petróleo que atingiu mais de 400 localidades do Nordeste. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Saúde em novo boletim epidemiológico. O estado do Pernambuco registram 66 casos, o Ceará contabiliza 1 e a Bahia 3 registros da intoxicação. De acordo com o governo, 27% dos pacientes trabalharam como voluntários para tentar limpar as praias.

Os médicos afirmam que as consequências à saúde variam de acordo com o tempo e a dose de contato. Os principais sintomas são: irritação na pele, vermelhidão, queimaço, inchaço. sistomas respiratórios, dor de cabeça, náusea, dores abdominais, vômito e diarreia.

As orientações do Ministério da Saúde é nunca entrar em contato direto com o óleo e durante a limpeza, usar máscara descartável, luvas de borracha resistente, botas ou galochas de plástico ou outro material impermeável. Além disso, é importante lavar a pele com água e sabão sempre que entrar em contato com o óleo.

Segundo o novo boletim do Ibama divulgado nessa quinta-feira, o óleo atingiu 409 localidades em nove estados do Nordeste. São 104 municípios com registro de vazamento do petróleo.

Leia a Anterior

Após decisão do STF, juiz manda soltar ex-presidente Lula que pode deixar a prisão a qualquer momento

Leia a Próxima

Deputados cearenses realizam primeira sessão Itinerante em Juazeiro do Norte