Feirantes do entorno da Ceasa de Maracanaú são retirados do local e causam tumulto

A ação trata-se do cumprimento de um mandado de reintegração de posse de área da Superintendência de Obras Públicas (SOP), antigo Departamento Estadual de Rodovias (DER).

Feirantes retirados da Ceasa de Maracanaú (Foto: Reprodução)

Os feirantes que trabalham em frente à Ceasa de Maracanaú, acordaram na manhã desta quarta-feira (10) de maneira turbulenta com a retirada deu suas barracas. A ação trata-se do cumprimento de um mandado de reintegração de posse de área da Superintendência de Obras Públicas (SOP), antigo Departamento Estadual de Rodovias (DER).

Durante a retirada dos feirantes uma faixa de cada lado da CE-060 ficou bloqueada parcialmente. Os motoristas trafegavam lentamente. A Polícia Militar foi ao local em viaturas e ônibus para dar apoio durante a operação. O fato gerou um bate-boca entre comerciantes e policiais.

Alguns comerciantes que estavam trabalhando no local lamentaram a ação dos oficiais e alegaram que um aviso prévio teria minimizado o transtorno, pois haveria tempo para que os trabalhadores pudessem se programar. Cerca de 150 famílias trabalham em pontos fixos em frente à Ceasa e argumentam não saber como vão se sustentar a partir de agora.

Leia a Anterior

Edital para Banco de Gestores Escolares sai até a próxima quinta-feira (11)

Leia a Próxima

Análise da advogada Priscila Brito: inércia de candidatos e partidos é chave para evitar mudanças?