Fortaleza registra 43 arrastões em ônibus no primeiro semestre do ano

O levantamento é do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará , o Sindiônibus

A capital cearense registrou 43 arrastões a ônibus de janeiro a junho deste ano. O levantamento, do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará , o Sindiônibus, contabiliza os assaltos cometidos exclusivamente contra passageiros.

Do outro lado, a empresa aponta uma queda no número de assaltos aos coletivos, ou seja, aqueles em que o caixa dos cobradores é o alvo. No primeiro semestre de 2019, foram registrados 302 ocorrências, o que representa uma redução de 59% em relação ao mesmo período de 2018, quando 720 casos foram contabilizados. Em relação a 2017 a redução foi ainda maior, de 77%, quando foram registrados 1.319 assaltos nos ônibus da capital.

O Sindiônibus aponta que um dos fatores responsáveis pela redução dos crimes é a ampliação da oferta de carros com tarifa exclusiva por meio de crédito eletrônico, atualmente em 30% de toda a frota.

Leia a Anterior

Polícia Rodoviária Federal realiza leilão de veículos apreendidos até amanhã

Leia a Próxima

Plenário da Câmara dos Deputados vota destaques da reforma da Previdência nesta quinta-feira