Grande Fortaleza registra terceira noite seguida de precipitações depois da quadra chuvosa

Há risco de alagamentos, deslizamento de encostas e transbordamento de rios

Fortaleza passa por terceira noite seguida de chuvas / Foto: Luzenor de Oliveira

Mesmo após o fim da quadra chuvosa, a Capital tem a terceira noite seguida de chuvas fortes, que se estendeu pela madrugada e manhã desta sexta-feira (14). As chuvas começaram por volta das 18h30, em vários pontos da cidade, e vieram acompanhadas de fortes trovões.

De acordo com a Fundação Cearense de Meteorologia (Funceme), entre quarta e quinta-feira (12 e 13), o volume das chuvas na capital cearense chegou a 96 mm. Para esta sexta, as chuvas podem alcançar entre 30 e 60 mm por hora, ou 50 a 100 mm por dia.

Risco de alagamentos e deslizamentos

Há risco de alagamentos, deslizamento de encostas e transbordamento de rios. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) classificou a previsão com grau de perigo. As precipitações partem da faixa do litoral leste do Ceará, passando por Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, até o litoral de Alagoas.

Ainda conforme o Inmet, Fortaleza deve permanecer com tempo nublado e encoberto, com pancadas de chuva durante todo o dia. A previsão é de temperatura mínima de 23º e máxima de 27º. Pela manhã, ruas e bairros da Capital sofreram com a forte precipitação.

Teto desaba no bairro do Pirambu

Capital

As últimas 48 horas foram de chuvas fortes, córregos transportando e trânsito que exige mais cuidado de motoristas e motociclistas. O volume de água que desce pelas ruas e avenidas da Capital gera preocupação para moradores de diferentes comunidades.

No Bairro Pirambu, moradores da Rua Santa Rita acordaram na madrugada com o desabamento de um imóvel após o asfaltou ceder. Técnicos da Prefeitura e da Companhia de Água e Esgotos do Ceará (Cagece) apareceram, ao longo do dia no local, mas, à noite, o asfalto cedeu e a casa desabafou.

Leia a Anterior

Denúncias de André precisam ser esclarecidas. Sem silêncio!

Leia a Próxima

Chuvas causam desabamento em Fortaleza; capital registra alagamentos e lentidão no trânsito