Gasto com saúde pressiona o orçamento das famílias

Os gastos das famílias paulistas com saúde estão pressionando o bolso e apertando o orçamento, segundo dados do IPCA-15 (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15), que é a prévia da inflação oficial do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Em 12 meses, o IPCA-15 ficou em 5,20% no estado e em 4,53% no país.

No entanto, em São Paulo, itens como convênio médico custaram o dobro do preço no mesmo período e fecharam os 12 meses com um aumento de 11,84%.

Os custos médicos e hospitalares têm sido motivo de grandes discussões no setor de planos de saúde, que reclama da pressão dos valores.

Segundo a variação medida pelo IESS (Instituto de Estudos de Saúde Suplementar), em 12 meses até março deste ano, o índice de custo médico-hospitalar chegou a 16,9%, pressionado, principalmente, por despesas com internação e terapias.

Leia a Anterior

Saiba quanto você receberá se pedir a aposentadoria já

Leia a Próxima

Veja direitos de quem recebe auxílios do INSS